MALTÊS

ELE É A MENOR RAÇA BRANCA DO MUNDO E O MAIS ANTIGO

CÃO DE COMPANHIA

HISTÓRIA

1/1

Como um nobre do mundo canino, essa raça antiga foi sendo conhecida por uma variedade de nomes através dos séculos. Originalmente chamado de Cão Melitaie ele também foi conhecido como "Vos Ancião Cão da Malta", o cão das Damas Romanas, o Cão Consolador, o Spaniel Dócil, o Bichon, o Cão Choque, o Cão Leão Maltês, e o Terrier Maltês.

Em algum momento dentro dos séculos passados, ele se tornou conhecido simplesmente como o Maltês. A história da raça pode ser traçada de volta em muitos séculos. Alguns colocaram a sua origem em dois ou três milhares de anos atrás e até Darwin colocou a origem da raça em 6000 a.C.

O Maltês é considerado de ter descendido de tipo de cão chamado Spitz achado junto com os habitantes do Lago da Suíça. Ainda que exista alguma evidência que a raça se originou na Ásia e é parente do Terrier Tibetano, a origem exata é desconhecida. Malteses são geralmente associados com a ilha de Malta no Mar Mediterrâneo. Os cães provavelmente foram para a Europa através do Oriente Médio com a migração de tribos nômades. A Ilha de Malta (ou Melitae como era conhecida então) foi o centro geográfico do comércio antigo, e exploradores sem dúvida acharam ancestrais dos pequenos e brancos cães deixados ali para trocas por suprimentos. Os cães foram criados pelos ricos e igualmente pela realeza e foram sendo cruzados para serem, especificamente, cães de companhia. Alguns membros da família real que significadamente tinham Malteses foram Maria I da Escócia, Elizabeth I de Inglaterra, Rainha Vitória, Josefina de Beauharnais e Maria Antonieta.

No tempo de Paulo de Tarso, Publius, o governador romano de Malta, tinha um Maltês com nome de Issa com o qual era bastante aficionado.

 

PERSONALIDADE

Ele é a menor raça branca do mundo e o mais antigo cão de companhia.

Você leva uma vida calma e quer um pequeno cão peludo que seja a sua cara? Compre um Maltês.

 Agora, se você é uma pessoa super-ativa e quer um pequeno cão peludo que seja a sua cara, compre um Maltês!

A verdade é que entre as raças de porte diminuto e pelagem vasta, ele é o campeão absoluto em se amoldar ao estilo do dono. Caso more em um lugar sossegado, com pessoas que levam uma vida pacata, será o retrato fiel dessa tranqüilidade. Por outro lado, se o lema for agitação e atividade, numa casa onde crianças pequenas transpirem o ritmo inesgotável da infância ou mesmo adultos que vivam na correria exaustiva do mundo moderno, eis um cão a todo vapor, disposto para brincar e correr o dia todo. "O Shih Tzu tende mais a um espírito tranqüilo e o Maltês incorpora o pique dos seus donos.

De fato, a raça absorve como poucas o meio a que pertence, e a explicação para isso encontra suas raízes lá atrás, há milhares de anos. O Maltês é a mais antiga entre as raças que surgiram com a finalidade exclusiva de serem companheiras e não de exercer funções de trabalho para o homem, com documentos de 4 mil anos a.C.. "Durante todo esse tempo, ele foi tratado e selecionado como cão de companhia, o que explica a grande capacidade de adaptação ao ritmo de vida dos donos, o extremo apego a eles e a inexistência de agressividade com estranhos." Hostilidade não faz parte do mundo do Maltês. Ele recebe bem qualquer visita, chega perto, abana o rabo, brinca se for convidado e fica por ali, como um legítimo cão de companhia. Se com gente desconhecida, a proximidade é bem-vinda, com os membros da casa, então, trata-se de uma questão absoluta. Seja um exemplar mais ativo, que brinca sozinho mesmo sem ser estimulado ou um mais calmo, que permanece horas deitado olhando ao redor, o Maltês sempre preferirá estar ao lado do dono. A definição de que é extremamente apegado às pessoas é unânime entre aqueles que convivem com a raça. Daí ser um cão para viver perto da família.

PELAGEM

Conhecido pela pelagem lisa e longa até o chão, que se vê estampada nas fotos de revistas, nos canis de criadores profissionais e nas exposições de beleza, o Maltês chega a ser temido pelo trabalhão sugerido pela abundância do seu manto. De fato, se mantido - como pede o padrão - com os pêlos longuíssimos alcançando o solo, ele exigirá cuidados especiais para ficar impecável, entre os peludos de porte semelhante.

Os fios finos e macios requerem escovação diária para não embaraçar, e feita com cuidado, senão os pêlos quebram e ficam com um aspecto repicado. O banho tem de ser semanal, e a secagem perfeita, caso contrário a umidade retida causa alergia. Como nem todo mundo tem esse tempo ou disposição para tratar da pelagem, a opção é deixá-la mais curta. Até os criadores, na maioria, só mantêm peludos os cães que estão frequentando as pistas. Com o Maltês tosado, basta uma escovação semanal e um banho quinzenal, que levará 30 minutos contando a secagem.

Além da economia de tempo, o pêlo aparado dá mais liberdade ao cão, que pode brincar no jardim e andar no chão da rua sem ficar imundo. Aí é só dar asas à imaginação. Há quem apare o Maltês por igual, com um comprimento entre um e cinco centímetros, parecendo um filhote. Ou mesmo quem faça o corte do Schnauzer, curto no dorso, com a saia e o bigode mais longo. Não há corte específico, cada um faz como quiser.

FALE COM A GENTE

Estrada do Pacuí 141

Vargem Grande | Rio de janeiro | RJ

Whatsapp: +55 21 98033-6566

iqbal@iqbal.com.br

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

Copyright© 2014 - IQBAL KENNEL - Todos os direitos reservados

Filiado: Brasil Kennel Club (BKC) | Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC) | Fédération Cynologic Internationale (FCI)

Designed by Giulianna Ciuffo Design