SPITZ ALEMÃO

OS CÃES DE COMPANHIA MAIS ANTIGOS QUE EXISTEM

HISTÓRIA

1/1

O Lulu da Pomerânia pertence à família Spitz, os cães de companhia mais velhos que existem. Descendente de um cão Neolítico, o Spitz Alemão Anão foi o primeiro que viveu com os homens nas aldeias lacustres da Europa pré-histórica. Esses tipos de cães foram feitos para guardar, caçar, arrastar trenós e fazer companhia para os nômades. Os Spitz se espalharam pela Europa e em cada região a raça evoluiu de maneira diferente devido aos cruzamentos. O Lulu da Pomerânia é o menor das cinco variedades de Spitz Alemão Anão. 

Embora a sua localidade de origem não seja completamente definida, a Alemanha é o lugar mais provável de sua descendência – sendo citado, inclusive, em uma das muitas versões do seu nome. Tendo o Spitz Alemão como principal ancestral, o Lulu da Pomerânia passou a ser chamado dessa maneira após sua chegada na Inglaterra – sendo que, nesta época, suas características ainda eram um tanto diferentes das apresentadas hoje em dia pela raça, e os exemplares da raça eram quase todos brancos e com peso de até 13 quilos.

Reconhecido oficialmente pelo English Kennel Club no ano de 1870, o Lulu da Pomerânia foi ganhar mais popularidade somente depois de ser trazido da Itália e se tornar um dos bichos de estimação da Rainha Vitória – que imperou no Reino Unido a partir de 1937 até o seu falecimento, em 1901.

Segundo relatos históricos, os cães que viviam com a rainha eram grandes e destacavam uma pelagem acinzentada – sendo que, desde esta época, os criados de cães já preferiam realizar acasalamentos com o objetivo de criar exemplares menores e mais coloridos da raça. Diminuindo de tamanho cada vez mais ao longo dos anos, o spitz Alemão acabou por gerar o Spitz Alemão Anão, que agora participa de concursos de beleza canina e não lembra em quase nada os cachorros que antigamente ajudavam a puxar trenós.

 

PERSONALIDADE

O Spitz Alemão Anão é um cão pequeno e, ao contrário das raças maiores, os machos tendem a serem menores que as fêmeas, o seu cão deve ser proporcional com o seu tamanho, diz o padrão. O Lulu da Pomerânia é um cão compacto e robusto. Tem um charme com um certo orgulho e grandioso que nos faz pensar que tem um grande coração dentro do pequeno corpo. 

A bela cabeça de "raposa" do Pomerânia e suas encantadoras expressões são realçadas por suas orelhas pequenas e eretas. A cauda, com a sua pelagem abundante é levada por cima de suas costas, chegando até a cabeça e ajudando a criar a impressão de um círculo. O Spitz Alemão Anão é um cão de alta energia, extrovertido, cheio de vida, inteligente, muito leal e protetor com seus donos.

O Spitz Alemão Anão, que é uma das raças mais independentes do grupo de cachorros miniaturas, e geralmente conta com um temperamento que pode ser um pouco arisco e, em alguns casos, até esnobe; mas seu humor afetuoso é muito atraente e cativante para a maioria das pessoas com quem entra em contato.

Embora sejam muito pequenos, esta raça tem um latido bem alto e é um bom cão de guarda – sendo territorialista por natureza e, com isso, capazes de defender sua área e os que ama à todo custo, mesmo que isso signifique enfrentar pessoas ou animais muito maiores que ele, já que o Spitz Alemão Anão é um cachorro bastante corajoso e destemido. É necessário que o Lulu da Pomerânia seja treinado de maneira a saber exatamente quem é o chefe da casa e, para isso, é necessário ser agradável; no entanto, sendo bastante firme ao mesmo tempo, para que durante o processo de adestramento o cão já possa assimilar, além de comandos, o hábito da obediência.

Apesar do Spitz Alemão Anão ser suficientemente pequeno para viver em um apartamento ou em uma casa de tamanho limitado e quer um cão que, em grande parte, jogará por sua conta, os donos deveriam proporcionar exercícios de forma regular. Esta raça pode ser um companheiro especialmente fiel para os idosos e trazer muitos anos de alegria e companheirismo.

Embora seja extremamente ativo, conforme citado por diversas vezes, os cães da raça Spitz Alemão Anão conseguem viver bem gastando a sua energia dentro de casa, mesmo que o seu lar seja um apartamento de espaço reduzido. Praticando brincadeiras e peripécias das mais variadas para entreter a si e aos seus donos.

TEMPERAMENTO

O Spitz alemão Anão é um excelente cão de companhia, muito dedicados aos seus donos e tem uma natureza curiosa, corajosa, alegre e dócil por natureza, este cachorro pode ser socializado de maneira simples com animais de outras espécies, no entanto, se mostra bastante desconfiado e receoso em relação à outros cães e pessoas desconhecidas, mas com a convivência passa a aceitar melhor as pessoas que são aceitas e queridas por sua família.

 

É considerado por muitos como um cão de guarda de plantão, sempre pronto para alertar seus donos sobre perigos diversos e tentar proteger os que ama, apesar do seu tamanho reduzido os Spitz Alemão Anão são bastante atrevidos e corajosos, podendo até mesmo enfrentar animais e pessoas muito maiores que ele para proteger seus donos ou seu território. O Spitz Anão, são ideais para pequenos espaços e donos moderadamente sedentários, uma vez que se contentam com pequenos passeios.

Os Spitz Alemão Anão são cães quadrados e bem torneados. Eles têm uma cabeça como de raposa, olhos amendoados e orelhas triangulares eretas. Seu focinho é fino, mas não acentuado. Cauda implantada portada alta e enrolada sobre o dorso. O pelo é curto e estreito sobre a face, na parte frontal das pernas, orelhas e nas patas. No resto do corpo, sua pelagem é longa e rica, podendo misturar tons que incluem preto, marrom, branco, laranja, cinza lobo e outras cores.

A cor do pigmento no nariz é preto, exceto nos exemplares de pelos marrons que tem uma cor castanho escuro. Apesar de ser um cão peludo, o Spitz Alemão Anão não necessita de cuidados excessivos com os pelos, e escovar sua pelagem de duas a três vezes por semana já é o suficiente para mantê-lo longe do acúmulo de sujeiras – sendo que, durante a troca de sua pelagem, as escovações devem ser feitas com uma frequência maior.

A abundante pelagem é de duas camadas. A subcamada é suave e de lã e a camada externa é lisa, de textura áspera sem grudar ao corpo. A pelagem do pescoço, do tórax e da parte anterior dos ombros é abundante e forma um colar. Há uma boa franja nas extremidades anteriores e nas posteriores e a cauda é coberta por bastante pelos. Isto significa que devemos cuidar dos pelos, apesar dos aliciamentos pode assumir um prazer tanto para o cão quanto para o dono.

PELAGEM

FALE COM A GENTE

Estrada do Pacuí 141

Vargem Grande | Rio de janeiro | RJ

Whatsapp: +55 21 98033-6566

iqbal@iqbal.com.br

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

Copyright© 2014 - IQBAL KENNEL - Todos os direitos reservados

Filiado: Brasil Kennel Club (BKC) | Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC) | Fédération Cynologic Internationale (FCI)

Designed by Giulianna Ciuffo Design